19/07/2016

Três cidades para praticar o mountain bike em São Paulo

Indaiatuba-SP

Quem está na região de Campinas, a cidade de Indaiatuba é um excelente lugar. Está localizada a apenas 100 km da capital paulista, com algumas trilhas bem bacanas para a prática do MTB, com pouco asfalto e muita terra. Bom pra quem curte uma catraca suja e gosta de uma boa aventura.

A trilha que eu gosto muito é o Caminho do Limoeiro: quem gosta de um MTB com muito estradão e pouca técnica vai curtir bastante esta. Dica de ouro: pare no Bar do Limoeiro, tome um suco beeeem gelado e curta uma moda de viola!

Jundiaí-SP

Para treinar, por exemplo, eu aconselho algumas trilhas de Jundiaí. Não é porque é minha cidade natal, mas a cidade é muito boa MESMO para o mountain bike.

Existe uma boa variedade de percursos, desde curtos até mais longos. Quem busca se preparar, vai encontrar trechos mais técnicos e outros de ‘estradão’, especialmente na região da serra do Japi. Para quem curte percursos mais técnicos, minha dica é a trilha da Taturana, que pode ser percorrida ou em um uphill ou num downhill.

Quem gosta de um trecho mais estradão, uma ótima opção é a Volta da Cachoeira. A maioria das pessoas deixa o carro no Bar da Santa Clara e depois parte para o percurso.

Campos do Jordão-SP

Um dos meus lugares preferidos, não só para treinar nas trilhas, mas também para passear pela cidade. Ela fica na Serra da Mantiqueira e é uma cidade ótima!

Campos do Jordão tem trilha para todos os gostos, mas é considerada uma região mais montanhosa e com muitas trilhas técnicas.

Uma das minhas trilhas preferidas é o chamado “Batman” e “Mulher Maravilha”, que são lugares top! A prova “Desafio da Mantiqueira” passa por todos esses lugares, são trechos bem técnicos e sem acesso por carro.

Outro lugar muito legal de treinar em Campos é o “Zoom Bike Park”. É um parque com várias trilhas, todas bem demarcadas, que você pode passar o dia se divertindo – e tem a opção de almoçar por lá mesmo.

Eu indico Campos do Jordão para todos os ciclistas que admiram um bom pedal, mas para os iniciantes todo cuidado é pouco. As trilhas são bem técnicas e exigem muita atenção, além do que a maioria dos lugares é sem acesso para carro.

Fonte: www.igp-sports.com.br 

Foto: Fábio Piva